Palavra Chave:


Conheça mais
    Faça sua reclamação
    Direitos de Família
    Direito Penal
    Direito Civil
    Direito Trabalhista
    Direito do Consumidor
    Direito Previdenciário
    Polícia
    Política
    Direito Procesual Civil
    Direito Previdenciário
    Direito Processual Penal
    Sua Saúde
    Noticias
    QUEM SOMOS
Arquivos
    Publicações
    Petições


BLOQUEIO DA PM REVOLTA MOTORISTA EM DIADEMA
O motorista Rafael Steinle reclama do bloqueio realizado pela Polícia Militar durante vários dias na avenida Cupecê, em...
Onde os doutores não querem morar
Marquinho tem 19 anos e nunca conseguiu atrair um doutor – ou doutora.
veja mais

 
15/07/2013 - 21:23 - Feminismo vadio

Gazeta do Povo - 12-07-2013

http://www.gazetadopovo.com.br/opiniao/conteudo.phtml?tl=1&id=1390180&tit=Feminismo-vadio

Feminismo vadio

Em 2011, no Canadá, um grupo de mulheres saiu às ruas para gritar “basta!” à cultura da violência que, além do mais, faz das vítimas as culpadas pelas agressões: “Ninguém mandou se vestir como uma vadia!” Eis a lógica machista, que não apenas justifica, mas atenua e torna natural a violência. A cada dia milhares de mulheres são assassinadas, violadas, espancadas, humilhadas, apenas por serem mulheres. Os agressores são homens criados na cultura da violência e do machismo.

O movimento feminista sempre lutou contra tais violências, de modo que a novidade da Marcha das Vadias é sua estratégia do combate. Se a violência masculina culpa a mulher agredida, chamando-a de vadia, então será preciso inverter os sinais e fazer da denúncia da violência uma arma de afirmação do poder feminino. Foi assim que a Marcha das Vadias se apoderou do termo “vadia” e fez dele um poderoso instrumento de poder. A Marcha das Vadias que ocorre em Curitiba amanhã é a culminação de um conjunto de discussões, ações jurídicas, além de ações educativas nas escolas e universidades.

A Marcha é um multifacetário coletivo feminista de combate às violências de gênero, que atingem também a população LGBT (lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais). Ela nos ensina que fazer política é ocupar as ruas e praças com corpos vestidos e desnudos, que se fazem presentes para exigir uma outra vida. Queremos poder transitar pelas cidades a qualquer hora, com qualquer traje, independentemente da orientação sexual, da identidade de gênero, do pertencimento de classe e raça/etnia, sem sermos violentadas, agredidas, mortas.

Também lutamos por direitos já tão restringidos e que correm o risco de ser retirados, como no caso do Estatuto do Nascituro, que faz do embrião um sujeito de direito e usurpa à mulher o direito conquistado de abortar em decorrência de um estupro. Para não falar na urgência de se legalizar o aborto e transformá-lo em prática segura. Por tudo isso, “se ser vadia é ser livre, então eu sou vadia!”

A vadia liberta é aquela que ama seu corpo como ele é e faz dele o suporte da denúncia de todas as violências. E é incrível que uma perna ou um seio à mostra sejam mais escandalosos que a despudorada tolerância com que cobrimos a violência que dilacera o corpo feminino. Algumas mulheres ainda se incomodam com a denominação de vadia, pois foram ensinadas a fugir dela a todo custo. O problema é que nunca houve para onde fugir do machismo, que tem de ser combatido invertendo-se as regras do jogo, embaralhando-se as cartas, dando-se as cartas. Não tardará e também elas se juntarão aos homens que já agora se afirmam feministas e “vadios”, participantes da Marcha. A luta das mulheres feministas é a luta de todos e todas que compreenderam a dignidade do combate à violência e à discriminação de gênero. Amanhã, a partir das 11 horas, venha para a Praça da (agora) Mulher Nua: uma “vida vadia” é mais alegre e interessante que ficar repetindo preconceitos e violências.

Maria Rita de Assis César, professora do Setor de Educação e do programa de pós-graduação em Educação da UFPR, é coordenadora do Laboratório de Investigação sobre Corpo, Gênero e Subjetividade na Educação (Labin).

Inserida por: Dr. Espirito Santo fonte:  Gazeta do Povo
Imprimir   enviar para um amigo
voltar  
RECLAMAÇÕES DE INTERNAUTAS QUE FORAM PREJUDICADOS EM SEUS DIREITOS DE CONSUMIDORES– EM 15 DE JANEIRO DE 2018
RECLAMAÇÕES DE INTERNAUTAS QUE FORAM PREJUDICADOS EM SEUS DIREITOS DE CONSUMIDORES– EM 15 DE JANEIRO DE 2018 -01- Assunto: Reclamação via SITE RECLAMANDO de Lauriana Cristina Data: 02.01.2018 15:41 De: Para:
RECLAMAÇÕES DE INTERNAUTAS QUE FORAM PREJUDICADOS EM SEUS DIREITOS DE CONSUMIDORES– EM 27 DE DEZEMBRO DE 2017
RECLAMAÇÕES DE INTERNAUTAS QUE FORAM PREJUDICADOS EM SEUS DIREITOS DE CONSUMIDORES– EM 27 DE DEZEMBRO DE 2017 -01- Assunto: Reclamação via SITE RECLAMANDO de Gean Anderson Silva Data: 02.11.2017 14:48 De: Para:
RECLAMAÇÕES DE INTERNAUTAS QUE FORAM PREJUDICADOS EM SEUS DIREITOS DE CONSUMIDORES– 29 DE OUTUBRO DE 2017
RECLAMAÇÕES DE INTERNAUTAS QUE FORAM PREJUDICADOS EM SEUS DIREITOS DE CONSUMIDORES– 29 DE OUTUBRO MDE 2017 -01- Assunto: Reclamação via SITE RECLAMANDO de Sahira Branco Data: 26.10.2017 14:18 De: Para:
RECLAMAÇÃO DE EDIVALDO ROCHA
POR FAVOR DR, JOSÉ DO ESPIRITO SANTO, COMO CONSIGO ESSA APÓLICE, ATENCIOSAMENTE, EDIVALDO SILVA ROCHA. E edivaldo.rocha@bol.com.br Responder| dom 08/10, 18:46 Você BOA NOITE PESSOAL DA Checozzi & Advogados Associados! MEU NOME É EDIVALD
RECLAMAÇÃO DE EDIVALDO ROCHA
POR FAVOR DR, JOSÉ DO ESPIRITO SANTO, COMO CONSIGO ESSA APÓLICE, ATENCIOSAMENTE, EDIVALDO SILVA ROCHA. E edivaldo.rocha@bol.com.br Responder| dom 08/10, 18:46 Você BOA NOITE PESSOAL DA Checozzi & Advogados Associados! MEU NOME É EDIVALD
Reclamação contra Revista Abril - Revista Princesa
De : Lurdes Bueno Data: 24/09/2017 17:47 (GMT-03:00) Para: espirito_santo1943@hotmail.com Assunto: Revista abril Sou assinante da revista princesas a anos da editora abril..sempre fiz várias reclamações porqu
RECLAMAÇÃO E ELOGIO DE CONSUMIDOR
Levei à Refrigeração França, foto acima, um bebedouro elétrico marca Beliere, modelo Juninho para substituir uma das torneiras. O aparelho voltou com vazamento. Levei de volta para resolver o problema, mas o vazamento continuava. O diagnóstico técnico fo
RECLAMAÇÕES DE INTERNAUTAS QUE FORAM PREJUDICADOS EM SEUS DIREITOS DE CONSUMIDORES– EM 19 DE AGOSTO DE 2017
RECLAMAÇÕES DE INTERNAUTAS QUE FORAM PREJUDICADOS EM SEUS DIREITOS DE CONSUMIDORES– EM 19 DE AGOSTO DE 2017 -01- Nome Completo: Andreia Borges E-mail: andreia-borges-2012@Hotmail. com Cidade: São Paulo Estado: SP Conheceu: Não conheço só comprei a
RECLAMAÇÕES DE INTERNAUTAS QUE COMPRARAM PELA INTERNET E FORAM PREJUDICADOS – RESPONDIDAS EM: 30/07/2017
RECLAMAÇÕES DE INTERNAUTAS QUE COMPRARAM PELA INTERNET E FORAM PREJUDICADOS – RESPONDIDAS EM: 30/07/2017 -01- Nome Completo: ARNALDO BELOTA E-mail: acbelota@gmail.com Cidade: SAQUAREMA Estado: RJ Conheceu: pela internet Reclamação: Quando recebo
RECLAMAÇÃO DE MARIA SAJA CONTRA A OI
MARIA SAJA - saja_maria@yahoo.com.br rua bevenuto gussi, 301 83260-000 matinhos pr ‘’Reclamação contra a OI S.A. Tinha um plano da Oi com os seguintes serviços = 1.“Oi fixo – pacote de minutosfixo-fixo local Pacote de minutos longa distancia com 14

Total de Resultados: 14185

Mostrando a página 1 de um total de 1419 páginas

12345678910PróximoFinal

  Cadastre seu email e receba as novidades do reclamando.com.br
Cadastrar | Remover