Palavra Chave:


Conheça mais
    Faça sua reclamação
    Direitos de Família
    Direito Penal
    Direito Civil
    Direito Trabalhista
    Direito do Consumidor
    Direito Previdenciário
    Polícia
    Política
    Direito Procesual Civil
    Direito Previdenciário
    Direito Processual Penal
    Sua Saúde
    Noticias
    QUEM SOMOS
Arquivos
    Publicações
    Petições


Excesso de barulho: a quem recorrer
''Depois de quinta-feira não sei mais o que é dormir.'' Essa é a reclamação de muitos moradores da Região Central de...
PERGUNTAS DOS INTERNAUTAS- Jaime
Reclamação: Fui submetido a uma cirurgia de artrose, no tornozelo esquerdo. Face a tal cirurgia, não tenho mais...
veja mais

 
23/04/2008 - 14:37 - contra a Loja Dicico da Marginal Tietê

Follador
 E-mail:
waldyrfollador@terra.com.br
 Cidade: São Paulo
 Estado: SP
 Conheceu: Internet
 Reclamação: O relato abaixo, aconteceu no último sábado (12/04/08) às 10:00 hs na loja Dicico da Marginal Tietê :
Um casal de meu convívio familiar efetuou uma compra de materiais de construção na empresa Dicico em 06/04/08, pagando à vista o valor do bem com a garantia de entrega no endereço indicado com prazo, informado verbalmente pelo vendedor, de até o dia 09/04/08.
Porém, a entrega dos materiais na data pré-determinada não ocorreu. Com isso, o casal passou a efetuar diversos contatos com a Loja Dicico, via telefone, afim de que obtivessem informações sobre o pedido e consequentemente a entrega do material. Mas, a cada ligação ouvia-se uma informação diferente:

- o material foi danificado no transporte;
- estamos averiguando o problema dos senhores – mas não retornavam a ligação.
E assim, várias ligações ocorrem durante 3 (três) dias e a cada ligação uma desculpa diferente. Por fim, no dia 12/04/08, após várias tentativas de contato com o Gerente responsável, veio à informação de que o produto ora vendido em 06/04, não existia no estoque da loja.

Mediante isto, o casal se dirigiu ao estabelecimento da loja da Dicico na Marginal Tietê (Av. Thomas Edison, 1324 – Barra Funda / SP – local da compra), para averiguarem se a informação procedia e reclamarem da situação, os quais, procuraram o Gerente responsável pela venda.
Após uma discussão verbal, os dois foram destratados, e da pior maneira possível, com SOCOS E CHUTES. Acreditem pessoal !!!

Apareceram no meio da discussão mais ou menos uns 15 (quinze) homens que foram logo chutando e socando ele, e empurrando ela. Neste meio tempo o Gerente Geral apareceu também, e ao invés de colocar ordem na bagunça, muito pelo contrário aproveitou e entrou no clima de agressão ao cliente por parte dos funcionários da loja, procedendo da mesma forma, com brutalidade.
Que absurdo !!
Após todo esse transtorno, reconheceram que estavam errados e devolveram o dinheiro, mas não forneceram os nomes dos agressores.
A polícia foi acionada, não se sabe por quem, talvez algum cliente que estava presente na loja, e o casal, seguiram para a 23ª Delegacia Policial (Perdizes), onde foi efetuado o boletim de ocorrência de n 3168/2008.

Para a Delegacia foi também o Gerente de Vendas, o Gerente do SAC, um Vendedor. Em seguida, chegou o advogado da empresa, o qual foi acionado depois e por último o Chefe de Segurança. Porém, o advogado que se dirigiu até a Delegacia foi com o intuito de “comprá-los” para não efetuarem a queixa na polícia, oferecendo-lhes desconto de 50 a 70% em uma próxima compra, e que esta queixa não iria dar em nada com a polícia, e outras coisas mais.
Mas, foram adiante e estão aguardando a averiguação da polícia.
E agora:
- Será que já fizeram tudo isso com outros clientes da loja, e abafou-se o caso?
- Em relação à brutalidade dos funcionários com clientes, estes merecem o emprego que tem?
- Onde está a ética profissional?

- O seguro da empresa pode pagar um assalto, um acidente com funcionário em horário de serviço, e o cliente como ficaria mediante a apanhar de um funcionário e se quebrar todo por isso dentro do estabelecimento ora segurado?
- E as piadinhas da semana entre os funcionários com o ocorrido? Brasileiro gosta de um zun zun zun.
- Será que os responsáveis sofreram alguma impunidade ou ficou por isso mesmo? Ou ainda os transferiram para outros locais da empresa, afim de que interromper a investigação da polícia, uma vez que se negaram a fornecer o nome dos brutais homens.
Estamos todos diante de fatos verídicos. Ficamos perplexos e nos perguntando:
- Que mundo é este onde as pessoas a cada momento têm que se policiar e defender-se sozinhos para que não sejam ameaçados ou simplesmente apanhem pelo direito de reclamar por algo que é seu através da verdade e honestidade.

Penso ainda, que existam pessoas muito melhores qualificadas para ocuparem o lugar/emprego destes Monstros da Loja da Dicico, os quais não têm o mínimo de educação e presteza com clientes para estarem onde estão.
Por fim, o povo se revolta a cada dia, pois desgraça, presenciamos diariamente e a situação de vida do brasileiro está cada vez mais indefensável, seja em casa, na rua, no trabalho... , compramos, somos enganados, perdemos, apanhamos e quem nos defende? Nos mesmos?
Sendo assim, aconselho a todos que mais e mais exijam os seus direitos por escrito no momento de qualquer compra, e tome MUITO cuidado para não serem agredidos pelo vendedor, porque você não está agindo de forma adequada para ELE.

Por favor, divulguem / encaminhem o texto do ocorrido para todas as pessoas de seu contato da internet, para que tenhamos a certeza de que todos saibam que nem toda loja que transmite a segurança de um ótimo atendimento pode ser verdade, pois poderá ter um vendedor que sorri para você no momento da compra/venda, e este mesmo poderá morder, chutar ou socar quando você cobra-lo do produto comprado e ainda por cima através de uma propaganda enganosa. E o pior, o slogan da Dicico é NA DICICO O CLIENTE É O REI -à do quê ???
Waldyr F. Follador e,
Patrícia Padilla C. Follador
(11) 9237-7338
Obrigada
Wânia
================================================================

Curitiba, 20/04/2008

Devem entrar  com um pedido de indenização por danos morais contra a empresa nos Juizados Especiais Cíveis.
No Juizado Especial Cível você não terá despesa e nem precisará contratar Advogado, podendo pedir uma indenização por danos morais de até 20 salários mínimos.

Já com assistência de Advogado você poderá pedir até 40 salários mínimos de indenização.

Consulte um Advogado.  .

Mantenha-me informado da solução.
 José do Espírito Santo Domingues Ribeiro
 Advogado: OAB-PR. 23.252 (Anterior 6.536/76)-
Rua Alferes Poli, 486 - Centro - Cep. 80230-090-Curitiba - PR.
(41) 3233-9002 -
espírito_santo@uol.com.br

 
 

Inserida por: Dr. Espirito Santo fonte:  José do Espirito Santo Domingues Ribeiro
Imprimir   enviar para um amigo
voltar  
RECLAMAÇÕES DE INTERNAUTAS QUE FORAM PREJUDICADOS EM SEUS DIREITOS DE CONSUMIDORES– EM 04 DE ABRIL DE 2018
RECLAMAÇÕES DE INTERNAUTAS QUE FORAM PREJUDICADOS EM SEUS DIREITOS DE CONSUMIDORES– EM 04 DE ABRIL DE 2018 -01- Assunto: Reclamação via SITE RECLAMANDO de Natalia Nascimento Clemente Data: 30.01.2018 18:38 De: Para:
RECLAMAÇÕES DE INTERNAUTAS QUE COMPRARAM PELA INTERNET E FORAM PREJUDICADOS – RESPONDIDAS EM: 03/03/2018
RECLAMAÇÕES DE INTERNAUTAS QUE COMPRARAM PELA INTERNET E FORAM PREJUDICADOS – RESPONDIDAS EM: 03/03/2018 -01-Assunto: Reclamação via SITE RECLAMANDO de CARLA C. FRETESCHI do NASCIMENTO Data: 14.02.2018 14:06 De: Para:
RECLAMAÇÕES DE INTERNAUTAS QUE FORAM PREJUDICADOS EM SEUS DIREITOS DE CONSUMIDORES– EM 15 DE JANEIRO DE 2018
RECLAMAÇÕES DE INTERNAUTAS QUE FORAM PREJUDICADOS EM SEUS DIREITOS DE CONSUMIDORES– EM 15 DE JANEIRO DE 2018 -01- Assunto: Reclamação via SITE RECLAMANDO de Lauriana Cristina Data: 02.01.2018 15:41 De: Para:
RECLAMAÇÕES DE INTERNAUTAS QUE FORAM PREJUDICADOS EM SEUS DIREITOS DE CONSUMIDORES– EM 27 DE DEZEMBRO DE 2017
RECLAMAÇÕES DE INTERNAUTAS QUE FORAM PREJUDICADOS EM SEUS DIREITOS DE CONSUMIDORES– EM 27 DE DEZEMBRO DE 2017 -01- Assunto: Reclamação via SITE RECLAMANDO de Gean Anderson Silva Data: 02.11.2017 14:48 De: Para:
RECLAMAÇÕES DE INTERNAUTAS QUE FORAM PREJUDICADOS EM SEUS DIREITOS DE CONSUMIDORES– 29 DE OUTUBRO DE 2017
RECLAMAÇÕES DE INTERNAUTAS QUE FORAM PREJUDICADOS EM SEUS DIREITOS DE CONSUMIDORES– 29 DE OUTUBRO MDE 2017 -01- Assunto: Reclamação via SITE RECLAMANDO de Sahira Branco Data: 26.10.2017 14:18 De: Para:
RECLAMAÇÃO DE EDIVALDO ROCHA
POR FAVOR DR, JOSÉ DO ESPIRITO SANTO, COMO CONSIGO ESSA APÓLICE, ATENCIOSAMENTE, EDIVALDO SILVA ROCHA. E edivaldo.rocha@bol.com.br Responder| dom 08/10, 18:46 Você BOA NOITE PESSOAL DA Checozzi & Advogados Associados! MEU NOME É EDIVALD
RECLAMAÇÃO DE EDIVALDO ROCHA
POR FAVOR DR, JOSÉ DO ESPIRITO SANTO, COMO CONSIGO ESSA APÓLICE, ATENCIOSAMENTE, EDIVALDO SILVA ROCHA. E edivaldo.rocha@bol.com.br Responder| dom 08/10, 18:46 Você BOA NOITE PESSOAL DA Checozzi & Advogados Associados! MEU NOME É EDIVALD
Reclamação contra Revista Abril - Revista Princesa
De : Lurdes Bueno Data: 24/09/2017 17:47 (GMT-03:00) Para: espirito_santo1943@hotmail.com Assunto: Revista abril Sou assinante da revista princesas a anos da editora abril..sempre fiz várias reclamações porqu
RECLAMAÇÃO E ELOGIO DE CONSUMIDOR
Levei à Refrigeração França, foto acima, um bebedouro elétrico marca Beliere, modelo Juninho para substituir uma das torneiras. O aparelho voltou com vazamento. Levei de volta para resolver o problema, mas o vazamento continuava. O diagnóstico técnico fo
RECLAMAÇÕES DE INTERNAUTAS QUE FORAM PREJUDICADOS EM SEUS DIREITOS DE CONSUMIDORES– EM 19 DE AGOSTO DE 2017
RECLAMAÇÕES DE INTERNAUTAS QUE FORAM PREJUDICADOS EM SEUS DIREITOS DE CONSUMIDORES– EM 19 DE AGOSTO DE 2017 -01- Nome Completo: Andreia Borges E-mail: andreia-borges-2012@Hotmail. com Cidade: São Paulo Estado: SP Conheceu: Não conheço só comprei a

Total de Resultados: 14187

Mostrando a página 1 de um total de 1419 páginas

12345678910PróximoFinal

  Cadastre seu email e receba as novidades do reclamando.com.br
Cadastrar | Remover