Palavra Chave:


Conheça mais
    Faça sua reclamação
    Direitos de Família
    Direito Penal
    Direito Civil
    Direito Trabalhista
    Direito do Consumidor
    Direito Previdenciário
    Polícia
    Política
    Direito Procesual Civil
    Direito Previdenciário
    Direito Processual Penal
    Sua Saúde
    Noticias
    QUEM SOMOS
Arquivos
    Publicações
    Petições


R$  6,4 mi em doações do CNJ a tribunais desapareceram
Uma investigação do CNJ (Conselho Nacional de Justiça) descobriu que em torno de R$  6,4 milhões em bens doados pelo...
Coluna do Leitor
Certamente vamos ter uma corrida presidencial muito disputada, mas acho que é muito cedo para colocar nomes de dentro da...
veja mais

 
06/05/2008 - 19:44 - Cidades da RMC sofrem com a falta de ônibus

Consórcio metropolitano, que reuniria prefeituras e governo do estado, é apontado como solução para o transporte integrado, mas ainda não saiu do papel
Publicado em 05/05/2008 | José Marcos Lopes
· 
· 
A caminhada começa assim que o lavrador aposentado Manoel Chimanski, 74 anos, e a mulher dele, Antônia de Lara Chimanski, 72, descem do ônibus que liga Curitiba a Campo Magro, na região metropolitana. Como moram no bairro Morro da Formiga, uma das localidades do município que não possuem linha de ônibus, o jeito é encarar a subida de aproximadamente dois quilômetros que separa o ponto de sua casa. Chova ou faça sol. “Já fizemos abaixo-assinado para o ônibus passar por lá, mas até agora nada”, afirma Manoel Chimanski.
Esse não é um problema exclusivo do aposentado e não acontece somente em Campo Magro. A origem da questão está no gerenciamento da Rede Integrada de Transporte (RIT), que é de responsabilidade da Urbs, empresa de economia mista ligada à prefeitura de Curitiba. Como a Urbs paga as empresas de transporte coletivo por quilômetro rodado, a criação de novas linhas e a expansão das já existentes poderiam causar um impacto no sistema, encarecendo a operação e levando a um reajuste na passagem, que hoje é de R$   1,90 em todas as linhas da RIT.
· 
“Há dois anos estou tentando expandir quatro linhas, mas é muito difícil”, afirma o prefeito de Campo Magro, Rilton Boza (PMDB). Além do Morro da Formiga, ele já tentou negociar com a Urbs para levar o transporte coletivo a outras três localidades: Jardim São Roque, Jardim Boa Vista 4 e Jardim Umbará. “A Urbs devia ver a dificuldade de cada município. No Morro da Formiga, (os técnicos da Urbs) disseram que não há demanda suficiente. Tenho certeza de que o Morro da Formiga, o Passaúna e Jardim São Roque têm demanda”, comenta Boza. “Os percursos aumentariam um ou dois quilômetros, não seria muito diferente do que vem sendo feito hoje. Temos uma boa relação com a Urbs, mas para ser atendido é difícil.”

Gazeta do Povo – 05.05.2008

Inserida por: Dr. Espirito Santo fonte:  Gazeta do Povo
Imprimir   enviar para um amigo
voltar  
APARELHO CELULAR MOTOROLLA V.710
Telefone Motorolla V.710 é problemático.
Filmadora digital CANON não presta!
Filmadora digital Canion NTSC ZR60 é porcaria.
Oficenet do Brasil não devolve dinheiro do consumidor
Compra pela Internet. Firma envia mercadoria não pedida e não devolve dinheiro da mercadoria devolvida.
Cartucho HP Color marca MASTERPRINT
Revendedora MULTIPEL não honra a garantia do produto Cartucho HP marca Masterprint.
HITACHI ASSISTÊNCIA TÉCNICA SOME COM APARELHOS DE CLIENTE
Assistência técnica dá sumiço em aparelhos de som de cliente.

Total de Resultados: 14185

Mostrando a página 1419 de um total de 1419 páginas

InícioAnterior1410141114121413141414151416141714181419

  Cadastre seu email e receba as novidades do reclamando.com.br
Cadastrar | Remover