Palavra Chave:


Conheça mais
    Faça sua reclamação
    Direitos de Família
    Direito Penal
    Direito Civil
    Direito Trabalhista
    Direito do Consumidor
    Direito Previdenciário
    Polícia
    Política
    Direito Procesual Civil
    Direito Previdenciário
    Direito Processual Penal
    Sua Saúde
    Noticias
    QUEM SOMOS
Arquivos
    Publicações
    Petições


Reações negativas a colunistas mostra que Brasil ainda carece de democracia, diz leitora
Embora discorde diametralmente da visão política do colunista Reinaldo Azevedo, não posso deixar de cumprimentar a...
Salário de deputados no Brasil supera o de países do primeiro mundo
O mesmo gráfico que mostra o valor de cada remuneração em diferentes países considera o salário em relação à renda per...
veja mais

 

18/06/2008 - DINHEIRO NO BOLSO - Como chegar ao primeiro milhão?Escritor dá dicas

para quem quer se tornar milionário, sem apostar na loteria ou participar de programas de TV
Arquivo Folha ‘‘Quando você se predispõe a juntar uma alta quantia, precisa controlar seus gastos’’, diz Marco Falcone
Quem nunca sonhou em ganhar R$    1 milhão sem necessariamente participar de um reality show ou acertar os números da mega-sena? Se a sorte não vem, a disciplina pode ser uma aliada. É o que defende o casal Regina e Marco Falcone, que, após decidir pelo ato de poupar, chegou ao primeiro milhão. Em entrevista à

 FOLHA, Marco, que é engenheiro mecânico e já chegou a dar aulasparticulares para incrementar o orçamento, defende a educação financeira como porta de entrada ao clube dos milionários. Há um segredo para se chegar ao primeiro milhão? O básico é ter disciplina, planejamento e correr atrás da educação financeira, que, infelizmente, não aprendemos. Nossos pais não receberam educação financeira, por conta da inflação. E não podemos esperar muito, pois hoje em dia as pessoas mal acessam a educação formal.

 Contar os centavos faz a diferença? Uma vez que a minoria da populaçãorecebe altos salários, normalmente as pessoas acabam consumindo de maneira intensa e enraizada, gastando mais do que podem e devem. Quando você se predispõe a juntar uma alta quantia que vai trazer a independência financeira, precisa ter um controle rigoroso sobre seus gastos. É necessário colocar no papel o orçamento de casa, controlar o dinheiro, para onde ele vai, e verificar as despesas que você pode reduzir. Por outro lado, não podemos deixar de gastar com as coisas que nos deixam felizes. Mas como obter essa ''felicidade'' sem sacrificar o orçamento? É tudo uma questão de análise e, fundamentalmente, de planejamento. Por exemplo: se uma pessoa quer viajar para a praia, ela não precisa tomar essa decisão dois dias antes.

 O segredo é economizar e, no lugar, analisar com o que vai gastar mais.Na praia, se o maior gasto for com alimentação ou cerveja, por exemplo, por que não levar esses itens na bagagem? O que defendo é o consumo inteligente. Funciona. No livro, o senhor se refere ao consumo inteligente. Não podemos gastar muito com o lazer, então? Não é não gastar, mas a pessoa se programar com antecedência e saber gastar. Não trocamos de celular toda hora, todo mês, porque o que o aparato traz é a comunicação. MP3, vídeos e fotos são predicados dispensáveis, pois não vamos utilizar toda a tecnologia contida no celular.

 O mesmo vale para o carro, que não deve ser sinônimo de status e sim detransporte, locomoção, apenas isso. Não devemos olhar para o vizinho, que trocou de carro, e decidir fazer o mesmo. Você acaba perdendo dinheiro. E no dia-a-dia, precisamos aprender a fechar a mão? As economias do dia-a-dia também são muito importantes. Qualquer dinheiro que você guarde durante o mês, pode resultar, no final do mês, num montante a ser aplicado no Tesouro Direto, por exemplo. No livro, o senhor compara o ato de poupar a um regime. Contextualize

. Comparo o ato de poupar a um regime porque a situação é bastantesimilar: poupar exige disciplina. Quando a pessoa engorda e emagrece, ela não descobriu o verdadeiro motivo para emagrecer. O mesmo vale para o dinheiro: pensar em economizar não é direcionar energias apenas para o ato benéfico de poupar. O que nos motivou a ganhar dinheiro foi a esperança de um dia ter tempo suficiente para cuidar dos filhos que viriam. Hoje, eu e minha esposa temos dois filhos e pensamos em ter três. Viemos de famílias pobres e objetivamos guardar dinheiro o mais rápido possível para ter tempo de cuidar das crianças que queríamos. Esse é um motivo bastante forte e concreto.

 É a história do regime: você precisa de muita vontade interna paraconsguir emagrecer e chegar no seu objetivo. Recentemente, a presidente da Comissão de Valores Mobiliários (CVM), Maria Helena Santana, revelou que vai ser criado um plano de educação financeira para os brasileiros. Enquanto o projeto não é votado, qual dica passa aos potenciais ''poupadores''? Primeiramente, a pessoa deve analisar de que ela precisa, quanto ela tem disponível, se é conservadora ou gosta de emoções fortes, vendo o dinheiro dela crescer rapidamente. Eu e minha esposa transitamos entre o conservador e o arrojado.

 Nesse sentido, deixamos 55% em renda variável e os outros 45% emrenda fixa. Quem não possui experiência, recomendo começar com renda fixa e, dentro da renda fixa, tesouro direto. É seguro, você consegue depositar valores por volta de R$    200, as taxas de administração são baixas, dependendo do banco que escolher. Deixar na poupança eu considero loucura e o Fundo de Renda Fixa com o banco também não funciona: o banco compra títulos do governo, monta um fundo e repassa para o cliente, sendo que você pode fazer isso por conta própria.Thiago NassifReportagem Local


Folha de Londrina – 17.06.2008

Inserida por: Dr. Espirito Santo fonte:  Folha de Londrina
Imprimir   enviar para um amigo
Decretada prisão por violência doméstica
Juiz Jesseir Coelho de Alcantara, da 13ª Vara Criminal de Goiânia, decretou a prisão preventiva de Cleumiron Pereira de Lima e determinou que ele se mantenha afastado
Idosos são presos porque filho não pagou pensão
Cascavel – O casal de idosos João Maria Gomes dos Santos, 71 anos, e Amélia Batista dos Santos, 62 anos, foi preso ontem, em Cascavel, Região Oeste do estado,
DA DIRETORIA DA ASSOCIAÇÃO DO MINISTÉRIO PÚBLICO DE RONDÔNIA
Diante dos últimos acontecimentos, estamos em Brasília buscando, de alguma forma, restabelecer a verdade. No dia de ontem o colega José Carlos Vitachi prestou depoimento no Superior Tribunal de Justiça e, como sempre, portou-se com a dignidade esp
Notas do Enade reprovam 56 cursos de ensino superior no PR
Curitiba – Dos 266 cursos de ensino superior avaliados no Paraná pelo Enade 2005, exame que substituiu o antigo Provão desde 2004, 56 obtiveram os conceitos mais baixos, 1 e 2. No Brasil são 369 cursos
Paranaense chefiava máfia em Rondônia
O esquema de corrupção desmantelado pela Operação Dominó em Rondônia tinha um núcleo estruturado na Assembléia Legislativa, com rígida hierarquia, para operar a rede de influência nos demais poderes, negociar sentenças, dividir favores e garantir impunida
LEI FEDERAL Nº 11.340, DE 07/08/2006 - DOU 08/08/2006 - AGRESSÃO CONTRA A MULHER
Cria mecanismos para coibir a violência doméstica e familiar contra a mulher, nos termos do § 8º do art. 226 da Constituição Federal, da Convenção sobre a Eliminação de Todas as Formas de Discriminação contra as Mulheres e da Convenção Interamericana para
Autoridades de Rondônia não podem ser algemadas
A Polícia Federal não poderá utilizar algemas para conduzir os acusados na Operação Dominó para depor no Superior Tribunal de Justiça. A decisão é da ministra Cármen Lúcia Antunes Rocha, do Supremo Tribunal Federal, que deferiu os pedidos de liminar em Ha
Desembargador é afastado da presidência do TJ-RO
O desembargador Sebastião Teixeira Chaves, preso preventivamente desde sexta-feira (4/8), deve ser afastado da função de presidente do Tribunal de Justiça de Rondônia. A decisão foi tomada pelo Conselho Nacional de Justiça nesta terça-feira (8/8).
Procurador de Justiça de Rondônia deve continuar preso
O procurador de Justiça de Rondônia, José Carlos Vitachi, deve continuar preso. O pedido de liminar em Habeas Corpus foi negado pela ministra Carmen Lúcia Antunes Rocha, do Supremo Tribunal Federal. A ministra
Com a nova lei sobre drogas o crime compensará
Uma preocupação de boa parte da comunidade jurídica voltada à repressão ao crime tornou-se frustração: será enviado ao Presidente da República para sanção ou veto, nos próximos dias, o Projeto do Senado 115, de 2002 (7.134/2002, na Câmara dos Deputados),

Total de Resultados: 12118

Mostrando a página 1193 de um total de 1212 páginas

InícioAnterior1184118511861187118811891190119111921193119411951196119711981199120012011202PróximoFinal

  Cadastre seu email e receba as novidades do reclamando.com.br
Cadastrar | Remover