Palavra Chave:


Conheça mais
    Faça sua reclamação
    Direitos de Família
    Direito Penal
    Direito Civil
    Direito Trabalhista
    Direito do Consumidor
    Direito Previdenciário
    Polícia
    Política
    Direito Procesual Civil
    Direito Previdenciário
    Direito Processual Penal
    Sua Saúde
    Noticias
    QUEM SOMOS
Arquivos
    Publicações
    Petições


Reclamação contra a Polícia Militar de MT
Os PMS Duarte e Rodevilson abusam da sua autoridade quando aborda alguém pilotando motocicleta que não tem CNH para...
FERNANDO DE BARROS E SILVA - Táxi até o Leblon
SÃO PAULO - Um amigo diz que no Rio os taxistas tentam tungar o passageiro na malandragem, enquanto em São Paulo o...
veja mais

 

10/07/2009 - COMBATE AOS CRIMES NA INTERNET É FALHO

Brasil tem apenas sete núcleos para investigação de cibercrimes

O Brasil não está preparado para combater crimes cometidos por meio da internet. A afirmação é do delegado Demetrius Gonzaga de Oliveira, chefe do Núcleo de Combate ao Cibercrime, da Polícia Civil do Paraná. No país, há sete núcleos que combatem crimes na internet e, segundo o delegado, esse número não é o suficiente. “A maior parte dos casos investigados aqui vem de fora. Autoridades de outros estados nos procuram para treinamentos, pedidos de auxílio e rastreamentos”, conta.

Abuso sexual de crianças, terror psicológico por supostos integrantes de facções criminosas, ameaças de seqüestro e morte, extorsão e espionagem entre grandes empresas são alguns exemplos de casos investigados pelo núcleo. Além da criação de mais estrutura, com pessoal treinado e equipamento de última geração, Oliveira aponta a necessidade de advogados, promotores, juízes, policiais e legisladores estarem melhor preparados no país para enfrentar crimes cibernéticos. “Se a investigação não for feita com recursos jurídicos e tecnológicos adequados, inocentes serão penalizados, e isso fará com que os verdadeiros culpados continuem agindo e se especializando”, diz.

SEGURANÇA NA REDE

Além de manter o computador equipado com pacotes de segurança atualizados, outros cuidados devem ser tomados:

- Mantenha sua webcam e o computador desligados quando não estiverem sendo usados.

- E-mails suspeitos contêm erros de português, usam assuntos ou imagens apelativas e palavras como “ajude a repassar”.

- Ao navegar, se janelas forem abertas automaticamente (pop-ups), não utilize o botão padrão para fechá-las, aperte as teclas ctrl, alt e del no teclado e as feche.

- Se tiver filhos, aprenda a usar a internet e sites de relacionamento e de bate-papo. Além disso, verifique com freqüência o conteúdo da ferramenta histórico de navegação.

- Nunca permita que crianças acessem a internet no quarto.

- Sempre que receber um e-mail de alguma organização solicitando dados verifique pelo telefone.

- Se receber um e-mail dizendo que uma empresa oferece o valor que for, para que as pessoas repassem determinada mensagem, apague o e-mail. Esse método de arrecadação não existe.

- Ao ser ameaçado pela internet, procure uma delegacia e leve todas as informações possíveis impressas.

O problema, segundo ele, poderia ser resolvido com capacitação de todos os envolvidos na elucidação dos crimes. “Se a legislação não for observada e as ferramentas adequadas para a coleta de provas forem mal utilizadas, mesmo que se chegue ao criminoso, todo o trabalho vai por água abaixo”, alerta.

A iniciativa privada também tem sua participação no trabalho para ajudar a população a reconhecer, evitar e denunciar crimes cibernéticos. Um exemplo é a SaferNet Brasil, associação sem fins lucrativos criada em 2005, que recebe uma média de 2,5 mil denúncias de crimes por dia. Os casos de pedofilia somam 63%, a maioria praticada no site de relacionamentos Orkut. A organização mantém uma central nacional de denúncias, ligada ao Ministério Público Federal. Ao se deparar com crimes contra os direitos humanos, qualquer internauta brasileiro pode denunciar. “Em dois cliques a pessoa informa o endereço do site que contém os atos criminosos”, afirma o psicólogo e diretor de prevenção da associação, Rodrigo Nejm. Após a denúncia, é fornecido um número de protocolo e o processo pode ser acompanhado em tempo real até a exclusão da página irregular.

Prevenção

Para Nejm, a falsa sensação de impunidade na internet impulsiona novos crimes. Crianças são alvos fáceis se não forem orientadas. Ele diz que é preciso haver diálogo entre pais e filhos e que estes devem receber conselhos e regras de comportamento também na internet. “Há no nosso site uma pesquisa direcionada às famílias e que também serve de orientação”, informa. Participar pode ser o primeiro passo para quem quer iniciar os diálogos com os filhos ou que ainda não está seguro diante da rede de computadores.

De acordo com o delegado Oliveira, os números de cibercrimes aumentam por causa da aquisição de computadores e pelo descuido dos internautas, que precisam ser cautelosos e contribuir com a polícia. “Quando se apaga uma mensagem criminosa, você só fecha a porta, mas o ladrão continua lá”, afirma. Ele ressalta que a internet é um espaço público e que não se pode esquecer que nela também há pessoas que estão dispostas a prejudicar terceiros.

Gazeta do Povo -
www.gazeadopovo.com.br - Publicado em 21/09/2008 - Adriana Czelusniak

Serviço

Núcleo de Combate aos Cibercrimes – Rua José Loureiro, 376, 1º andar. Telefone (41) 3323-9448.

SaferNet – para pesquisa acesse o site www.safernet.org.br.

Inserida por: Dr. Espirito Santo fonte:  Gazeta do Povo
Imprimir   enviar para um amigo
Justiça do DF condena Arruda e Jaqueline Roriz por improbidade administrativa
De acordo com denúncia apresentada pelo MP, Barbosa confirmou à Justiça que Jaqueline Roriz e Manoel Neto receberam propina de R$   50 mil para apoiar a candidatura de Arruda ao governo do Distrito Federal em 2006. Segundo ele, o dinheiro era oriundo de emp
No PR, 1.330 presos cumprem pena em situação irregular Falta de estrutura e de investimentos faz com que condenados sejam obrigados a trocar o regime
No sistema penitenciário do Paraná, há 1.330 detentos condenados em regime semiaberto cumprindo pena em regime fechado. Desses, 464 estão presos nas delegacias superlotadas. A falta de vagas no semiaberto é um problema nacional – estima-se que existam 30
No PR, 1.330 presos cumprem pena em situação irregular Falta de estrutura e de investimentos faz com que condenados sejam obrigados a trocar o regime
No sistema penitenciário do Paraná, há 1.330 detentos condenados em regime semiaberto cumprindo pena em regime fechado. Desses, 464 estão presos nas delegacias superlotadas. A falta de vagas no semiaberto é um problema nacional – estima-se que existam 30
Novo Código Penal endurece pena para homícidio
Brasília - O senador Pedro Taques (PDT-MT) apresentou hoje (10) o relatório sobre a reforma do Código Penal Brasileiro (PLS 236/12). A proposta foi lida mas, diante da complexidade da matéria, um pedido coletivo de mais tempo para analisar o texto adiou p
10/12/2013 - 03h05 STJ julga hoje se Champinha pode ganhar liberdade
O STJ (Superior Tribunal de Justiça) julga hoje se Champinha (Roberto Alves da Silva) pode ganhar a liberdade. Há dez anos, ele entrou para a crônica policial ao participar do assassinato de Felipe Caffé e Liana Friedenbach, que antes de morrer foi tortur
Réus do mensalão passarão Natal e Ano Novo presos
No entanto, seus advogados podem, apesar disso, requererem o benefício mesmo assim e aguardar uma decisão da Justiça. Pelas regras, os "internos"poderão deixar o presídio para o Natal no dia 24 de dezembro, às 10h, com retorno previsto para o dia 26, até
Curitiba: imóveis de fraudadora do INSS serão leiloados em janeiro
A fraude consistia em desviar mais de 50% de toda a arrecadação do INSS à época e repassá-la a um segurado por meio de um “acordo administrativo”. Condenada a 14 anos de prisão em 1992 pelo Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, Jorgina ficou foragida até
MÔNICA BERGAMO 08/12/2013 - 03h09 Para Gilmar Mendes, já é hora de discutir de maneira franca o sistema carcerário brasileiro
A prisão de condenados do mensalão deu relevância a um tema que pouco mobiliza o país: as péssimas condições dos presídios brasileiros.
O longo caminho entre a vigência e a eficácia dos direitos humanos
Na América Latina, por exemplo, a Corte Intera­­me­­ricana dos Direitos Humanos surgiu em 1969 e aprovou a Convenção Interamericana de Direitos Humanos, também chamada de Pacto de San José da Costa Rica.
Cai liminar que proibia reportagens sobre acidente com Gilberto Ribeiro
A Justiça derrubou a liminar que proibia a Gazeta do Povo de veicular notícias sobre crimes supostamente cometidos pelo deputado Gilberto Ribeiro (PSB) em um acidente de trânsito, em março de 2011. Na decisão, o juiz Maurício Doutor, da 6ª Vara Cível de C

Total de Resultados: 1830

Mostrando a página 10 de um total de 183 páginas

InícioAnterior12345678910111213141516171819PróximoFinal

  Cadastre seu email e receba as novidades do reclamando.com.br
Cadastrar | Remover