Palavra Chave:


Conheça mais
    Faça sua reclamação
    Direitos de Família
    Direito Penal
    Direito Civil
    Direito Trabalhista
    Direito do Consumidor
    Direito Previdenciário
    Polícia
    Política
    Direito Procesual Civil
    Direito Previdenciário
    Direito Processual Penal
    Sua Saúde
    Noticias
    QUEM SOMOS
Arquivos
    Publicações
    Petições


LEITORA COMPRA CASACO, MAS NÃO RECEBE
Um casaco cinza tamanho G não foi entregue pela loja Marisa, segundo a leitora Vanessa De Paula Queiroz, que adquiriu...
Empresa corta sinal de TV sem avisar, reclama leitor
Cleberson afirma que contatou a Sky e que a empresa disse que seria necessário pagar R$  12 pela visita de um segundo...
veja mais

 

05/08/2008 - Turma decide que impenhorabilidade de bem de família é direito disponível

Fonte: TJDFT

 
A 1ª Turma Cível do TJDFT negou provimento ao recurso de uma aposentada que pedia a nulidade de uma cláusula contratual firmada com a Interline Turismo, na qual renunciava à impenhorabilidade do único imóvel familiar. A decisão manteve o entendimento do juiz da 1ª instância, autorizando, portanto, a penhora do bem.

Segundo os autos, a servidora pública aposentada protocolou ação de desconstituição de penhora pedindo a nulidade desta, uma vez que o imóvel questionado constitui bem de família, sendo o único que possui. Assevera que o direito à moradia é garantido pela Constituição Federal, e que o imóvel estaria protegido pela Lei 8.009/90 (que dispõe sobre a impenhorabilidade do bem de família). Sustenta que a mesma não pode ser desconsiderada, sob pena de prejuízo aos demais familiares, e pondera que a dívida questionada não se enquadra nas hipóteses previstas na Lei, autorizadoras da penhora do bem de família.

Na decisão interlocutória de 1ª Instância, o juiz verifica que a devedora, na qualidade de fiadora, renunciou expressamente ao direito de impenhorabilidade do imóvel que reside com a família. Assim, para o magistrado, a alegação de que a cláusula seria nula de pleno direito não se sustenta, até porque a devedora é pessoa com instrução suficiente para entender o que estava assinando, não podendo alegar em seu proveito a nulidade da cláusula para se esquivar do cumprimento de suas obrigações.

 Além do mais, prossegue o juiz, não há nos autos qualquer prova deque a devedora tenha sigo coagida ou forçada a assinar tal contrato, presumindo-se que o fez de livre e espontânea vontade.

Ao proferir seu voto, a relatora da 1ª Turma Cível registra que a Lei 8.009/90 não constitui norma de ordem pública - natureza atribuída apenas ao direito social de moradia, assegurado pela Constituição. Ela ensina que a legislação se trata, portanto, de direito disponível da parte, no qual é válido o exercício do direito de renúncia à impenhorabilidade, inexistindo óbice à penhora efetivada sobre o imóvel.

A magistrada confirma a posição do julgador da 1ª instância, ainda, ao registrar que “No momento da formação do negócio jurídico, o contratante, de acordo com seus interesses ou necessidades para efetivação do contrato, renuncia à impenhorabilidade, atribuindo ao outro contratante a garantia para a negociação. No entanto, a desconstituição da cláusula, após a formação do contrato, e, principalmente, em momento de inadimplência contratual, viola os princípios da obrigatoriedade e da boa-fé, uma vez que alegar invalidade da sua própria declaração de vontade, em momento crítico do contrato, é, de certa forma, agir de modo torpe”.

A decisão foi unânime.

Nº do processo: 20080020038446AGI
 


Leia também em www.jurid.com.br:
Impenhorabilidade do bem de família persiste mesmo com a separação dos cônjuges
Bem de Família: Impenhorabilidade pode ser alegada até o fim da execução
Bem de família: apenas a sede da moradia em propriedade rural é impenhorável 
TV, som e armário não integram bem de família
Bem de família não pode ser confiscado pelo banco quando dado em garantia de penhora

Inserida por: Dr. Espirito Santo fonte:   TJDFT
Imprimir   enviar para um amigo
DIPLOMA FALSO DO MINISTRO DO PT
ACORDA BRASIL
Padre pede que STF defenda direitos de nascituros contra 'pressões externas'
Os leitores podem colaborar com o conteúdo da Folha enviando notícias, fotos e vídeos (de acontecimentos ou comentários) que sejam relevantes no Brasil e no mundo.
Joaquim Barbosa e a diferença entre elisão e evasão
Do ponto de vista tributário, no primeiro caso (compra de ações), os tributos incidirão sobre a transferência das ações. No segundo caso, sobre a transferência dos ativos.
Recuperação judicial não é calote
A lei confere à empresa em crise a possibilidade de, na prática, apresentar a proposta que melhor se encaixe nas suas possibilidades, sendo vedadas, naturalmente, propostas ilegais ou que prejudiquem algum dos credores.
Governo vai montar 'gabinete digital' para as redes sociais
Segundo a Folha apurou, o objetivo é abastecer o mundo cibernético com dados oficiais; monitorar e pautar o debate virtual;
A (in)capacidade do Código Civil de acompanhar as mudanças sociais
A entrevista desta edição é com o novo presidente do Tribunal Regional Federal da 4.ª Região (TRF 4), Tadaaqui Hirose, que assume o cargo hoje.
Código Civil completa uma década entre avanços e retrocessos
Além da falta de distinção dos direitos de personalidade nos meios eletrônicos, as relações contratuais e empresariais da modernidade também são lacunas deixadas pelo atual Código Civil brasileiro, segundo os juristas consultados pela reportagem.
Até onde vai o direito de se recordar o passado
A edição ainda traz artigos de diferentes temáticas. O texto dos advogados Rosane Menezes Lohbauer e Rodrigo Sarmento Barata aborda a falta de parcerias público-privadas na área de transporte público.
Os limites do direito de ser esquecido
Para a professora Vera Karam é um excesso que o esquecimento tenha estatuto de direito, pois ele já estaria envolto nos direitos de personalidade.
Cidadão pode recorrer à Justiça para defender a comunidade
Quando se decide levar situações de irregularidade ao Ministério Público, também é preciso que os elementos das denúncias sejam consistentes.

Total de Resultados: 873

Mostrando a página 4 de um total de 88 páginas

InícioAnterior12345678910111213PróximoFinal

  Cadastre seu email e receba as novidades do reclamando.com.br
Cadastrar | Remover