Palavra Chave:


Conheça mais
    Faça sua reclamação
    Direitos de Família
    Direito Penal
    Direito Civil
    Direito Trabalhista
    Direito do Consumidor
    Direito Previdenciário
    Polícia
    Política
    Direito Procesual Civil
    Direito Previdenciário
    Direito Processual Penal
    Sua Saúde
    Noticias
    QUEM SOMOS
Arquivos
    Publicações
    Petições


LAPTOP COM DEFEITO GERA QUEIXA DE LEITORA
A fisioterapeuta Paula Pereira Ferrari queixa-se de problemas na manutenção no notebook que adquiriu em outubro de 2007,...
Falso brilhante
Mas estamos em um país em que, vira e mexe, os cofres públicos são chamados a socorrer megaempresários para “evitar...
veja mais

 

09/03/2010 - Noivos que receberam suíte trocada de hotel serão indenizados

Noivos que receberam suíte trocada de hotel serão indenizados 

 

Por unanimidade, a 1ª Turma Recursal Cível confirmou sentença de 1ª Grau, condenando B. F. Biancini Hotel Ltda a indenizar casal de noivos que reservaram e prepararam para a noite de núpcias uma suíte que foi utilizada por outro casal. O valor da indenização por danos morais é de R$   5 mil reais e por danos materiais, R$   250 reais.

 

Os recém casados tinham feito reserva para desfrutar da noite de núpcias em um quarto do Hotel Villa Vergueiro. O local tinha sido decorado pela família da noiva com flores e diversos objetos pessoais, como louças, champanhe e roupas íntimas.

 

Ao chegarem ao hotel, os noivos ficaram frustrados pois os funcionários não localizaram a reserva, alojando-os em apartamento de nível inferior ao contratado. A suíte preparada pelos familiares foi ainda destinada a outro casal, causando indignação aos recém-casados em uma data única e especial.

 

O Juiz de Direito Ricardo Torres Hermann enfatizou que a situação não pode ser considerada como mero dissabor. Para o relator, a noite de núpcias é momento de grande importância sentimental ao casal e ficou prejudicada, tanto do ponto de vista pessoal aos noivos, como também em relação a sua família, que havia auxiliado nos preparativos.

 

Também participaram do julgamento, em 26/1, os Juízes Thais Coutinho de Oliveira e Luis Francisco Franco.

 

Recurso Cível nº 71002305746

 

EXPEDIENTE

Texto: Maria Helena Gozzer Benjamin

Assessora-Coordenadora de Imprensa: Adriana Arend

imprensa@tj.rs.gov.br

_____________________________________________________________ 

Fonte: TJRS, 8 de março de 2010. Na base de dados do site www.endividado.com.br.

Inserida por: Dr. Espirito Santo fonte:  Maria Helena Gozzer Benjamin
Imprimir   enviar para um amigo
DIPLOMA FALSO DO MINISTRO DO PT
ACORDA BRASIL
Padre pede que STF defenda direitos de nascituros contra 'pressões externas'
Os leitores podem colaborar com o conteúdo da Folha enviando notícias, fotos e vídeos (de acontecimentos ou comentários) que sejam relevantes no Brasil e no mundo.
Joaquim Barbosa e a diferença entre elisão e evasão
Do ponto de vista tributário, no primeiro caso (compra de ações), os tributos incidirão sobre a transferência das ações. No segundo caso, sobre a transferência dos ativos.
Recuperação judicial não é calote
A lei confere à empresa em crise a possibilidade de, na prática, apresentar a proposta que melhor se encaixe nas suas possibilidades, sendo vedadas, naturalmente, propostas ilegais ou que prejudiquem algum dos credores.
Governo vai montar 'gabinete digital' para as redes sociais
Segundo a Folha apurou, o objetivo é abastecer o mundo cibernético com dados oficiais; monitorar e pautar o debate virtual;
A (in)capacidade do Código Civil de acompanhar as mudanças sociais
A entrevista desta edição é com o novo presidente do Tribunal Regional Federal da 4.ª Região (TRF 4), Tadaaqui Hirose, que assume o cargo hoje.
Código Civil completa uma década entre avanços e retrocessos
Além da falta de distinção dos direitos de personalidade nos meios eletrônicos, as relações contratuais e empresariais da modernidade também são lacunas deixadas pelo atual Código Civil brasileiro, segundo os juristas consultados pela reportagem.
Até onde vai o direito de se recordar o passado
A edição ainda traz artigos de diferentes temáticas. O texto dos advogados Rosane Menezes Lohbauer e Rodrigo Sarmento Barata aborda a falta de parcerias público-privadas na área de transporte público.
Os limites do direito de ser esquecido
Para a professora Vera Karam é um excesso que o esquecimento tenha estatuto de direito, pois ele já estaria envolto nos direitos de personalidade.
Cidadão pode recorrer à Justiça para defender a comunidade
Quando se decide levar situações de irregularidade ao Ministério Público, também é preciso que os elementos das denúncias sejam consistentes.

Total de Resultados: 873

Mostrando a página 4 de um total de 88 páginas

InícioAnterior12345678910111213PróximoFinal

  Cadastre seu email e receba as novidades do reclamando.com.br
Cadastrar | Remover